O Poder da Palavra de Deus

"Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou. Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo. E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão".
Mateus 10:34-42

"Porque eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo". Malaquias 4:1

"De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados.
Esquadrinhemos os nossos caminhos, e provemo-los, e voltemos para o SENHOR.
Tu te aproximaste no dia em que te invoquei; disseste: Não temas".
Lamentações 3:39, 40, 57

"E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus,
E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer. (...)
Cremos naquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor;
O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação".

Romanos 4:20-25



quarta-feira, 25 de junho de 2008

Com Jesus existe plano B?

É interessante observar que Jesus quando homem, também era convidado para os momentos de alegria. Jesus conhecia cada lugar antes mesmo que chegar até lá. Discernia os corações humanos e o ambiente espiritual onde chegava (Marcos 2:8). É bom elogiar Jesus! (Isaías 9:6). E o ponto que eu quero chegar é o seguinte: convide Jesus para as suas comemorações, convide Jesus para a sua festa! Certamente, até em momentos que você julga não precisar de Jesus, ele estará pronto a fazer algum milagre. Jesus foi convidado para um casamento, e olha que tinha uma festinha também, hein!! Pois havia vinho! (João2:1-11).

É muito comum suplicar a Jesus Cristo nos momentos de angústia. Existem até chavões mundanos (para não dizer profanos) para identificar que Jesus é a solução dos problemas. O que quero enfatizar é que Jesus quer participar integralmente de sua vida, pois antes mesmo de você nascer ou se converter a Ele, Ele já te conhecia. Você foi desejado por Ele! (Salmo 139).

Nas aflições profetizadas por Jesus (João 16:33) e no deserto providenciado por Ele (Mateus 4:1), temos que suplicar pelo escape! E suplicar somente a Ele! Jesus gosta da exclusividade! Não caia na hipócrita sabedoria de ter um "plano B". Não caia na cilada de pensar "Vou suplicar a Jesus, eu li Filipenses 4:4-7 e suplicarei a Ele, mas se Ele não me responder, tentarei outra solução". Cadê a exclusividade? O seu coração, o seu sentimento e a sua mente estão realmente guardadas em Cristo Jesus?

Jesus Cristo deve ser nosso "Plano A". Nosso único plano! Ore! Suplique! Acione! São várias as exclamações que poderia relacionar... (João 14).

Você, que já aceitou Jesus como seu Único e Suficiente Salvador sabe muito bem que na hora do aperto, o primeiro pedido de solução é para Jesus. E deve ser mesmo! Mas no momento de alegria, flertar com o que não agrada a Ele é fato. Que natureza, nós temos, né?! Jesus sabe que na tristeza, Ele será a primeira - e se você meditou em Filipenses 4 - e única solução. E na alegria? Se Ele estiver entre os cinco primeiros... lembre-se: Jesus gosta de exclusiidade! Nada de um plano alternativo, hein!!

Regozijai-vos sempre no Senhor!

Um comentário:

andre disse...

Interessante ponto de vista Eduardo. Que maravilhoso não seria se o povo de Deus visse o Senhor Jesus como a sua fonte de verdadeira alegria e não apenas o "socorro bem presente na hora da angústia" (o que graças a Deus Ele é TAMBÉM). Em fim, a nossa aliança com Deus é na alegria e na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos UNA para sempre.

A paz.